Descubra e prepare a sua própria receita! 

Aproveite para divertir o paladar dos clientes.

Foto: Freepik

Mais do que qualquer outra pessoa, você sabe que na gastronomia os detalhes fazem toda a diferença, não é mesmo? Do prato mais simples do cardápio ao preparo mais sofisticado, cada ingrediente tem seu momento de entrar em cena e a sua função na composição dos sabores. 

Além de uma soma perfeita que leva a refeições inesquecíveis, surpreender o cliente é muito importante para garantir que ele se torne um cliente fiel ao seu estabelecimento. Uma das formas de fazer isso é inovar no “amuse-bouche”. Não sabe o que isso significa? Então continue lendo! A Frubana te conta. 

Imagine a cena. Um casal chega ao seu restaurante, já com bastante fome. Senta-se e, antes mesmo de fazer o pedido, recebe em sua mesa um “pequeno” agrado da cozinha, algo enviado especialmente para eles, sem custo, apenas para abrir o apetite e dar início à experiência gastronômica. 

Ou então, ao receber o delivery em casa, percebe que existe um item a mais do que foi pedido, junto à uma orientação que diz: “Coma primeiro e desfrute da sua refeição!”. 

Em ambos os casos, esse “aperitivo” que surge como um agrado é chamado de “amuse-bouche”, que em francês significa diversão para a boca. A porção servida deve ser ideal para uma única mordida. Ou seja, a intenção é despertar aquela curiosidade gostosa sobre “quais sabores vêm por aí”. Para o renomado chef francês Jean-Georges Vongerichten, “o amuse-bouche é o melhor caminho para um grande chef expressar as suas grandes ideias em pequenas mordidas”.

Onde surgiu o amuse-bouche?

A origem do amuse-bouche vem da “Nouvelle Cuisine”,  nova cozinha francesa, que surgiu a partir da década de 1970, trazendo como princípios básicos o envolvimento dos sentidos para gerar uma leitura mais complexa dos pratos, a delicadeza, o frescor dos ingredientes e o capricho na apresentação. 

Mas, apesar da tradição francesa, o amuse-bouche não precisa se limitar a preparos sofisticados ou seguir receitas vindas da sua “culinária-mãe”. O importante ao oferecer essa experiência aos seus clientes é lembrar de detalhes como o equilíbrio de sabor, textura e cor associados à simplicidade e praticidade. 

Escolha uma receita de amuse-bouche que revele o melhor do que você oferece em seu restaurante e que demonstre o amor da sua cozinha. Aproveite para explorar as suas habilidades e a criatividade na composição desta explosão de sabores.

Dicas para criar o seu amuse bouche

  • Aposte em ingredientes e preparos que tenham a ver com o seu estilo de cozinha, afinal, o amuse bouche é como uma primeira pista do que será servido a seguir;
  • Pode ser interessante explorar a mistura entre doce e salgado. Que tal?
  • Não esqueça que a porção precisa ser pequena e não pode ser difícil de comer nem fazer muita sujeira;
  • Dê o seu melhor e deixe os clientes com o gostinho de quero mais.